Tudo do turismo no Brasil e Mundo

Embratur lança Brasil Junino na Bolsa de Turismo de Lisboa

18/03/2017

Com o objetivo de ampliar a oferta de produtos brasileiros, a Embratur promoveu, durante a BTL - Bolsa de Turismo de Lisboa, a diversidade turística para além dos tradicionais destinos Sol e Praia, bem conhecidos no mercado português. Os segmentos cultural, religioso e ecoturismo foram divulgados na feira portuguesa, com destaque para o lançamento do projeto Brasil Junino.

“Esse é um investimento importante da Embratur. Entre os dias 7 a 16 de abril, faremos, em Lisboa, uma vasta programação de São João, que posteriormente será estendida para Madri, Roma e Paris”, destacou Vinicius Lummertz, presidente da Embratur (Instituto Brasileira de Turismo).

Com uma média de 15 a 20 rodadas de negócios por dia e a participação de 300 buyers de 23 países de todo o mundo, o Brasil vai fechar a 29ª edição da BTL Lisboa com uma positiva estimativa de R$ 7 milhões na geração de negócios para o País.

Dentre os coexpositores brasileiros presentes no evento, que acontece até este domingo (19), em Portugal, estão 16 representantes do trade e oito destinos brasileiros. “Tivemos a agenda cheia nesses primeiros dias, com compradores muito interessados nos nossos destinos. As expectativas são muito boas”, comemorou Eva Sjövall, diretora de vendas da operadora de turismo Compass Brazil.

Vinicius Lummertz reforçou que o governo brasileiro pretende dobrar o número de turistas internacionais no Brasil, passando de 6,6 milhões, em 2016, para 12 milhões até 2022, através de um conjunto de reformas. “Para aumentar o número de visitantes estrangeiros ao Brasil, é preciso integrar a cadeia de produção do turismo. Assim, o País se tornará mais competitivo.” Portugal foi o décimo maior emissor de turistas para os destinos brasileiros em 2015, representando 2,57% da procura total de estrangeiros no ano, com 162.305 visitantes.

Ascom Embratur



 


Destinos

Festival do Turismo ver +

Próximos Eventos

Siga @fabioscardoso

    Redes Sociais

“Se queremos progredir, não devemos repetir a história, mas fazer uma história nova.”

Mahatma Gandhi