Tudo do turismo no Brasil e Mundo

Cecéu desabafa: "Devolvam o nosso São João. Estão vendendo gato por lebre"

16/06/2017

A dupla paraibana Antônio Barros e Cecéu quebrou o silêncio nesta sexta-feira (16) sobre a polêmica da programação dos festejos juninos nas principais cidades da Paraíba, em especial, em Campina Grande, onde é realizado o Maior São João do Mundo. Apesar de terem nascidos na Paraíba, de terem uma das maiores histórias dentro da MPB, de terem dezenas de suas músicas cantadas por diversos cantores de todo o país, a dupla não irá se apresentar em nenhuma festa este ano.

    De forma bastante crítica, Cecéu desabafou durante entrevista concedida ao Sistema Correio nesta sexta-feira: “Devolvam no nosso São João. O São João é nosso”. De acordo com a cantora e compositora, os festejos juninos estão vendendo “uma coisa muito falsa” e o público “está comprando gato por lebre”.

    Cecéu enfatizou que o público está transformando Elba Ramalho e Alcymar Monteiro em demônios, pelo simples fato de terem se posicionado contra a programação dos festejos juninos no Nordeste. “Elba está endemonizada porque disse apenas que o forró não entra em Barretos - onde é realizada a tradicional Festa do Peão - e que o sertanejo não deveria entrar nas festas juninas”.

Enquanto as bandas que fazem sucesso nacional cantando músicas que não têm nada com a tradição do forró, os verdadeiros donos da festa, segundo Cecéu, ou estão distantes do grande público, ou se apresentam em palco menores. “O Zé Povinho vai (se apresenta) no inferior, e os grandes nomes se apresentam no palco principal”, criticou. “A festa é nossa”, reclamou.

Cecéu concordou com o jornalista Wellington Farias, debatedor do Correio Debate, de que as duplas que estão se apresentando nas festas juninas da Paraíba nem sertanejo tocam. Na opinião dela, eles se aproveitam do nome do forró para ganhar mídia. “Deveriam colocar outro nome. Poderiam colocar breganejos, por exemplo, porque sertanejo de raiz eles nunca foram”, apontou.

Durante a entrevista, Cecéu ainda revelou que a ausência da dupla nos palcos no período junino também teve como motivo a demora do pagamento por parte do poder público. No ano passado, a dupla não subiu ao palco no Parque do Povo, em Campina Grande, porque impôs como condicionante o pagamento do cachê antecipado. Não houve acordo e nem show.

Pelo histórico na cena artística nacional, Cecéu disse que a dupla não poderia procurar palco para se apresentar e deveria ocorrer o contrário, serem procurados para se apresentar. Curioso, é que os maiores sucessos cantados nos palcos das festas juninas em todo o país são de autoria da dupla paraibana.

Fábio Cardoso
 


Destinos

Festival do Turismo ver +

Próximos Eventos

Siga @fabioscardoso

    Redes Sociais

“Se queremos progredir, não devemos repetir a história, mas fazer uma história nova.”

Mahatma Gandhi