Foz do Iguaçu busca novos voos na Routes Americas 2018

Em pleno feriado de Carnaval, o secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla, participa da 11ª edição da Routes Americas 2018, a mais importante feira da indústria da aviação civil do continente americano, que acontecerá entre os dias 13 e 15 de fevereiro, em Quito, capital do Equador. Evento reunirá representantes de 80 companhias aéreas, 150 aeroportos e 35 destinos turísticos.

De acordo com o secretário, que estará acompanhado de representantes da Infraero e da Promo Inteligência Turística, consultoria contratada pela Gestão Integrada do Turismo, participação na Routes Américas será “uma oportunidade de estreitar relacionamento com as companhias aéreas, negociar acordos de codeshare e captar novos voos para o destino”.

Foz do Iguaçu é o único destino turístico brasileiro a marcar presença no evento. “Temos 14 reuniões marcadas com companhias aéreas que demonstram interesse em conhecer o nosso potencial”, afirma Piolla.

Atrair mais voos de países da América do Sul e América Central para o Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu é um dos maiores desafios para incrementar o fluxo de turistas estrangeiros. Segundo Piolla, a ampliação da oferta de assentos resultará na diminuição do custo das passagens aéreas e, consequentemente, possibilitará a vinda de mais turistas estrangeiros para o destino. Com o aumento do fluxo turístico, haverá impacto positivo na economia local.

“Foco é melhorar nossa conectividade aérea com países da América do Sul e da América Central. É o que a pista atual do nosso aeroporto nos permite neste momento. Mas já iniciaremos contatos de prospecção de voos para América do Norte e países europeus, pois temos a perspectiva de ampliação da pista do aeroporto de 2.195 para 3 mil metros”, afirma.

Piolla está otimista com as negociações envolvendo a Copa Airlines para lançamento, ainda este ano, de voo direto ligando Foz do Iguaçu à Cidade do Panamá. “Hub da Copa no Panamá nos conectará diretamente com Canadá, Estados Unidos, México e o Caribe. Com a implantação do visto eletrônico para os turistas dos Estados Unidos e do Canadá, será um importante elo de ligação para esses mercados”, acredita.

Gilmar Piolla, secretário de Turismo

Assessoria de Imprensa

 

Print Friendly, PDF & Email

Matérias relacionadas

Comments

comments