João Pessoa sedia III Fórum Inovar & Construir

Nesta quinta e sexta-feiras, em João Pessoa, ocorre o III Fórum Inovar & Construir: Tendências Tecnológicas da Construção Civil, realizado pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil de João Pessoa (Sinduscon-JP) no auditório Centro Cultural Ariano Suassuna. O evento traz especialistas e doutores, profissionais da Engenharia e da Arquitetura. Eles vão tratar de temas como o impacto da tecnologia e da automação nas instalações prediais, sistemas construtivos em estrutura metálica e paredes de concreto; implementação do BIM, tendências de inovação na construção; negócios com a energia solar e os investimentos em infraestrutura.

Na abertura, o cenário político e econômico nacional é o tema cientista político Leonardo Barreto, da Factual Informação e Análise. Em seguida, o engenheiro civil Alairson Gonçalves, da PBGÁS falará sobre crescimento do uso do gás natural e suas vantagens. E, José Marcus Soares de Deus, gerente de Negócios do Banco do Nordeste, abordará as linhas de financiamento de uso de energia solar, o FNE Sol

TECNOLOGIA INCORPORADA – João Pessoa possui prédios com tecnologiaS que vão do controle de acesso com código pessoal, programação à distância da temperatura do ar condicionado ou da iluminação, uso de energia solar fotovoltaica combinada com energia elétrica, gás canalizado e geradores; elevadores de alta performance, soluções sustentáveis para redução do gasto de energia e a medição individual de água.  As instalações prediais com as tecnologias integradas compõem a palestra do engenheiro integrador de sistemas, Evandro César Ferreira, diretor da EngPred (Engenharia e Instalações Prediais) e o debatedor é o arquiteto Paulo Macedo, que projetou empreendimentos complexos e de grande porte.

SISTEMAS CONSTRUTIVOS – Residenciais construídos com paredes em formas de concreto usadas no canteiro são concluídos mais rapidamente e estão em expansão na capital paraibana. O engenheiro civil Ricardo Lombardi Junior, da JGA e integrante do Grupo Parede de Concreto da ABCP, explicará como funciona essa tecnologia. Também haverá palestra do prof. Sandro Valério sobre estrutura metálica em edificação de múltiplos pavimentos, uma tendência que começa a crescer no Brasil. Eles terão como debatedor o engenheiro Nereu Cavalcanti, diretor da Tecncon (Tecnologia do Concreto e Engenharia) e que foi professor da UFPB.

ENGENHARIA DIAGNÓSTICA E BIM – O professor Enio Pazini Figueiredo, da Universidade Federal de Goiás, especialista em Engenharia Diagnóstica falará sobre projetos para a durabilidade das estruturas de concreto armado, tendo como debatedor o professor Gibson Meira (UFPB). A tecnologia BIM que automatiza o processo de elaboração de projetos e permite correções e integração de todos os sistemas, antes da execução da obra será abordada pelos arquitetos Artur Bessoni Feitosa e João Tatrai.

TENDÊNCIAS – Dionyzio Klavdiano, presidente da Comissão de Materiais da Câmara Brasileira da Indústria da Construção falará sobre as tendências tecnológicas e inovações que estão sendo adotadas pelo setor, no Brasil. Já o economista Daniel Lima abordará as oportunidades surgidas com os condomínios solares enquanto que Carlos Eduardo Lima Jorge, presidente da Associação Paulista de Empresários de Obras Públicas – Apeop e da Comissão de Obras Públicas da CBIC, demonstrará como as obras inacabadas prejudicam o país e como investimentos em infraestrutura impactam no PIB nacional.

Assessoria de Imprensa

Print Friendly, PDF & Email

Matérias relacionadas

Comments

comments