João Pessoa entre os 12 destinos mais procurado do Brasil

O site Kayak, de vendas online de passagens aéreas, coloca a cidade de João Pessoa como 12º destino brasileiro que apresentou maior crescimento na procura no último trimestre (julho, agosto e setembro), com uma alta de 63%. A capital catarinense, Florianópolis, foi o mais procurado com 85%. O aumento na procura, segundo o site, está relacionado com a elevação do dólar, em especial, no período eleitoral.

Por outro lado, a presidente da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), Ruth Avelino, destaca as ações que o Governo do Estado vem realizando junto às principais operadoras de turismo do país, em parceria com o trade turístico. Para ela, esse trabalho massivo de divulgação junto aos agentes de viagens podem ser um indicativo positivo para esse aumento. “Temos dados de crescimento de todas as operadoras”, aponta a executiva.

O levantamento do site aponta que a busca por informações sobres os destinos para o período de Natal e Ano Novo começam a indicar que os brasileiros devem preferir ficar no Brasil. O estudo destaca uma liderança grande de destinos nacionais e a capital paraibana está nesse ranking, com forte tendência de receber um grande fluxo de turistas na época.

O Kayak é um site que ajuda milhões de viajantes pelo mundo a tomarem decisões confiantes de viagem. Principal buscador de viagem do mundo, o Kayak pesquisa outros sites para mostrar aos viajantes as informações de que precisam para encontrar os melhores voos, hotéis, carros de aluguel e pacotes de viagem. No ranking 15 destinos que mais cresceram na procura, oito estão no Nordeste.

Ruth Avelino disse que a expectativa é de que a Paraíba registre um dos melhores períodos de alta temporada dos últimos anos, fruto do trabalho que vem sendo feito ao longo dos últimos anos, mas, sobretudo, porque a própria economia começa a dar pequenos sinais de recuperação. “Estar entre os 15 destinos mais procurados é importante, mas precisamos trabalhar para consolidar em vendas para que todo o segmento possa lucrar”, disse.

Secom Paraíba

Print Friendly, PDF & Email

Matérias relacionadas

Comments

comments